Modelos

Canvas de Avaliação e Ações em Crise (CAAC)

By abril 22, 2020 maio 7th, 2020 No Comments

Canvas de Avaliação e Ações em Crise (CAAC)

Com a simplicidade em mente, assim como o Modelo de Negócios (Business Model Canvas), o Canvas de Avaliação e Ações em Crise (CAAC) é uma ferramenta para coletar rapidamente dados em torno de uma crise ou de forma para se preparar para uma possível crise.  Irá também ajudar no desenvolvimento da base de planos de ação e pode ser vinculada a outros modelos de canvas ou documentos externos para melhorar a aplicabilidade.

  1. “Failing to Plan is Planning to Fail” (B. Franklin) – “Falhar no Planejamento é Planejar a Falha”
  2. Você nunca conseguirá um plano perfeito, mas você deve melhorar o plano ao longo do tempo
  3. Não tente ser muito específico e nem muito completo na primeira vez.

Diferentemente dos “modelos canvas em papel”, a versão eletrônica do Modelo Canvas de Avaliação e Ações em Crise (CAAC) dá à equipe o poder de gerar versões mais recentes com informações mais detalhadas e sofisticadas, além de usar essa versão eletrônica como referência a outros modelos de Canvas (para novos planos de Negócio, de Estratégia ou de Projeto, por exemplo).

Canvas de Avaliação e Ações em Crise (CAAC)

Aqui você vai encontrar o passo a passo para poder começar a utilizar o Modelo: Canvas de Avaliação e Ações em Crise (CAAC).

Como qualquer outro canvas, não existe uma regra estrita sobre onde começar. A qualquer momento, se uma nova ideia ou informação estiver disponível, ela pode ser imediatamente colocada em uma das áreas do canvas.

Contexto e Informação da Sessão:

CONTEXTO:
Descreva o contexto em que a avaliação esteja sendo efetuada.

INFORMAÇÃO DA SESSÃO:
Inclua qualquer informação que auxilie na administração das sessões, como por exemplo, dados da versão ou um número de ID (identificação).

Dados Objetivos e Estratégia:

DADOS OBJETIVOS:
Representam qualquer informação que possa ser usada como fato e que ajude em decisões futuras.
Pode incluir frases curtas com informação, como:  “Vendas Trimestrais” ou “Número de Funcionários”  e também pode ser usado para vincular documentos externos como referências.

ESTRATÉGIA:
Planejamento antecipado de documentos e avaliações;
Planos de negócio contínuos;
Matrizes de decisões e;
Procedimentos internos de interesse para a avaliação de crises.

Foco no Negócio

ESTRUTURA DE CUSTOS:
Fuga de caixa atual e esperada;
Composição e revisão de despesas e;
Despesas de capital.

FLUXO DE RECEITA:
Plano de Marketing;
Retorno de Investimento;
Canais de Distribuição;
Previsões.

FINANCIAMENTO:
Planos de captação de recursos;
Planos de Refinanciamento;
Dívidas;
Ações.

PRODUTOS:
Essa célula auto-numerada ajudará a identificar produtos e serviços que podem exigir atenção especial durante a preparação de planos de ação de curto, médio e longo prazo.

LEGAL & REGULATÓRIO:
Assistência Governamental;
Disputas;
Force Majeure e;
Pontos de Atenção em Contratos.

COMUNICAÇÃO & MARCA:
Valores da marca;
Planos de comunicação em vigor;
Revisão de riscos sobre a reputação.

Foco nas Pessoas

CADEIA DE SUPRIMENTOS & PARCEIROS:
Cadeias de suprimentos;
Parceiros;
Acordos de parceria;
Estoque;
Pedidos em aberto.

CLIENTES:
Pode incluir não apenas segmentos ou tipos de clientes, mas detalhes estratégicos a respeito de clientes que podem exigir atenção especial ao longo do tempo.

BEM-ESTAR:
Ações e políticas para manter os clientes, equipe, parceiros e fornecedores adequadamente assistidos.

EQUIPE:
Indica as pessoas ou grupos que podem requerer níveis diferentes de atenção ou que representam o negócio como um todo para avaliações de bem-estar, estratégia organizacional ou logística operacional.

CULTURA ORGANIZACIONAL:
Propósito da empresa;
Morais;
Valores;
Comunicações internas;
Expectativas gerais;
Correntes de comando;
Matriz de responsabilidades.

LOGÍSTICA OPERACIONAL:
Disponibilidade de pessoal;
Número de funcionários;
Locações;
Planos operacionais e de continuidade;
Procedimentos e regras para trabalhos locais/remotos.

Planejando o Futuro

QUESTÕES & RISCOS (QRs):
Como regra geral, quaisquer problemas ou riscos listados a curto ou médio prazo devem ter um plano de ação correspondente.
Se isso for difícil de alcançar nas primeiras rodadas de uso do canvas, mova os problemas e riscos para o grupo de longo prazo e depois reorganize a prioridade.

AÇÕES & RESPONSABILIDADES (ARs):
Todos os problemas e riscos listados – pelo menos para respostas de curto e médio prazo – devem ser abordados por um ou mais ARs (ações e responsabilidades).
Os números de células auto-gerados podem ser usados para referências.
As tags podem ser usadas para classificação, filtragem e urgências.

SANDBOX:
Qualquer coisa que não se encaixe imediatamente em um dos grupos pode ser armazenada aqui para uma análise mais aprofundada.
Riscos que não estão sendo imediatamente respondidos com planos de ação também podem ser listados aqui.

ALGUMAS DICAS:

Leave a Reply

4 × dois =